Os desafios das linhas de envase asséptico

tl_files/editeur/images/Le remplissage aseptique/Lignes_SAS_5/Serac-SAS5_Aseptic_packaging.jpg 

 

 Linha de envase asséptico Serac Aseptic System (SAS)

As linhas de envase asséptico devem permitir o envase de um alimento sem contaminação na embalagem

Essa embalagem é descontaminada na máquina caso não esteja estéril na entrada.

Para que seja realizado um envase asséptico, várias condições devem ser respeitadas:

 

  • O produto a envasar deve estar livre de contaminação bacteriológica antes do envase
  • A esterilização do material de envase é imperativa
  • As zonas de contato com o produto, como o circuito de produto, devem estar estéreis dentro da máquina
  • O produto é transferido dentro de uma embalagem estéril que é então fechada hermeticamente
  • O ambiente vizinho à envasadora e zona de envase deve ser mantido estéril

Linha Serac Aseptic System SAS 5

Descontaminação com Ácido Peracético
Descontaminação com Ácido Peracético

Tratamento da embalagem

Um dos principais componentes de uma máquina em ambiente asséptico é seu sistema de descontaminação de embalagens.

O papel do sistema de tratamento da embalagem  é proteger o alimento a envasar de contaminação de partículas na superfície da embalagem e também de contaminação microbiana.

Por esta razão, a eficácia da esterilização da embalagem tem uma influência considerável na conservação dos produtos envasados e tem também grande importância na sequência do tratamento asséptico e nos procedimentos de envase. A Serac oferece atualmente uma vasta gama de soluções de tratamento das embalagens. 

Torre de envase asséptico

Torre de envase asséptico
Torre de envase asséptico

O envase por peso é particularmente indicado para os líquidos homogêneos e é a única técnica de enchimento que controla a quantidade de produto quando a embalagem é cheia.

No envase asséptico e produtos de longa duração, a esterilização da envasadora é uma condição rigorosa a ser respeitada.

Para garantir a eficácia da descontaminação, o equipamento deve ser concebido para ser facilmente limpo e esterilizado. Um teste de esterilização da envasadora deve igualmente ser realizado.

O envase UPFILL da Serac

A concepção higiênica da envasadora asséptica UPFILL Serac foi otimizada :

  • Com o fim de reduzir a interrupção do fluxo laminar, deve ficar um número mínimo de elementos na zona de envase
  • A torre é muito fácil de limpar e não tem nenhuma zona de retenção
  • O sistema CIP/SIP é totalmente automático e não requer intervenção manualTodos os sistemas eletrônicos são isolados da zona estéril e então acessíveis durante a produção